Team Bera

Guilherme Augusto Coury Santos

Apelido: Gui Coury

Data de nascimento: 03/06/92

25 anos

Tempo de prática: 3 anos

Conheci através de parques em que costumava frequentar para praticar outras atividades físicas.

Meu primeiro contato foi em uma feira de esportes radicais onde havia um Highline indoor. Pra falar a verdade não gostava de montanha e adorava praia, hoje é engraçado por ser totalmente o contrário, vivo na montanha e vou à praia raramente. Só vim a me tornar montanhista depois que me apaixonei por essa vertente do slackline.

Luana Silva de Oliveira

Apelido: Luana Duracel

Data de nascimento: 07/02/90

27 anos

Conheci o Slackline em maio de 2012, na Prainha Branca litoral norte de São Paulo.
Em março de 2013 foi o primeiro grande campeonato de Slackline que eu fui. Desde então soube que era isso que eu queria. Durante esse campeonato a equipe Slack Alves me adotou, eles me incentivaram muito e comecei os treinos.

Graças aos treinos que comecei em 2013 e que mantenho até hoje eu consegui me destacar no Trickline. E agora graças aos treinos de longline estou me destacando no highline.

Histórico dos campeonatos disputados

1.Campeonato de Slackline da Praia do Sono - Paraty - RJ 2012= 1º lugar feminino;

2. 1ª Copa Bragança de Slackline - Bragança Paulista - SP 2013 = 2º lugar feminino;

3. Copa Paulista de Slackline Fábrica de Cultura - São Paulo - SP 2013 = 1º lugar feminino;

4. Campeonato de Trickline da Baixada Santista - Santos - SP 2013 = 1º lugar feminino;

5. Open Series SBC 2013 - São Bernardo do Campo - SP 2013 = 1º lugar iniciante (misto);

6. Campeonato de Slackline de Contagem 2014 - MG = 1º lugar iniciante (misto) e 1º lugar feminino;

7. Campeonato nacional Raia norte Brasilia - DF 2014 = 1º lugar feminino;

8.Campeonato Paranaense de Slackline CPS 2014 1ª Etapa – Curitiba - PR = 1º lugar amador (misto) e 1º lugar feminino.

9. Copa Equilíbrio Slackline – Pindamonhangaba – SP 2014 = 1º lugar feminino;

10. Open Series SBC 2014 - São Bernardo do Campo - SP 2014 = 1º lugar feminino;

11. 1º Open de Waterline Mairiporã SP 2014 = 1º lugar feminino;

12. 2º Slack para todos – Guarujá – SP 2015 = 1º lugar feminino.

13. 2° Campeonato de Slackline de Pouços de Calda 2015 - 1º lugar amador

14. Campeonato nacional raia norte Brasília 2015 - sem colocação

15. III Copa Bragança de Slackline 2015 - 1º lugar feminino.

16. Copa Latino Americana de Slackline 2015 - Goiânia - 1°lugar feminino.

17. Campeonato Mundial 2015 - Foz do Iguaçu - 2°lugar feminino.

18. Best Combo Bold Slackline 2015 - 1°lugar feminino.

Paloma Hess Johansen

Data de nascimento: 01/12/1993

23 anos

Pratico highline há 3 anos

​Conheci o esporte no litoral norte de SP, em uma ilha chamada Prainha Branca e comecei a praticar na capital em um parque chamado Sampaio Moreira, onde iniciei no longline, em midlines e com 3 meses de treino tive a oportunidade ao lado de grandes atletas fazer o meu primeiro highline.

O inicio da minha historia com o highline e com esportes outdoor foi na pedreira do dib em Mairiporã - SP, minha primeira experiencia foi incrível, tudo o que eu senti quando entrei na linha, a sensação de superação por ter vencido meu medo de altura, aquele lugar maravilhoso, meus amigos me incentivando, o friozinho na barriga, e foi assim eu me apaixonei pelo highline.

Depois de algum tempo me joguei na cabeça na slacklife! e então fui em busca de evolução e de linhas de highline, participei do primeiro festival de highline do Brasil o 'Gravatation' e em seguida subi a Pedra da Gávea com atletas brasileiros e franceses, onde tive a honra de ter me tornado a primeira mulher brasileira a atravessar a linha clássica da gávea com seus 840 metros de exposição. Passei por diversos estados e participei de grande parte dos encontros de highline que aconteceram no ano de 2015 e 2016, com a experiencia que obtive idealizei o 'highline das mulheres' um encontro dedicado a mulheres praticantes e inciantes com intuito de agregar conhecimento e dar oportunidade para iniciantes como eu tive quando iniciei, com isso difundido a pratica feminina no Brasil.

Nesses 3 anos de slacklife aprendi muito, cresci como pessoa, cresci como atleta, o esporte mudou minha vida, mudou meus conceitos, vontades, agora vou iniciar a faculdade de Educação Física, e meu objetivo como atleta é buscar conhecimento de diversas áreas relacionadas ao esporte e ensinar o slackline para comunidade Brasileira, continuar praticando e evoluindo a cada treino buscando superar meu limites e atravessar linhas cada vez maiores.